Notícias
NotíciasArtigos Links de Interesse

 
29/10/2012 - Arpen Brasil - Cidadania no Ar: procuração para renúncia a herança não pode ser por instrumento particular

Procurador é qualquer pessoa que representa outra em algum negócio ou ação, mediante autorização escrita do representado – a chamada procuração. Mas dependendo do caso, uma simples procuração por instrumento particular não é suficiente para documentar essa representação.

No radiojornal Cidadania no Ar desta semana, você confere a decisão do STJ que determinou que renúncia a herança só pode ser conduzida por procurador constituído mediante instrumento público.

E ainda, no Conexão STJ, o defensor público do Distrito Federal Gladson Miranda fala sobre a necessidade de reforma da Lei Maria da Penha.

Confira agora a íntegra do noticiário, veiculado aos sábados e domingos, às 10h40, pela Rádio Justiça (FM 104.7), ou no www.radiojustica.jus.br. E, ainda, no site do STJ, no espaço Rádio, sempre aos sábados, a partir das 8h. Lá você encontra este e outros produtos da Coordenadoria de Rádio do STJ.

 

Fonte: Site da Arpen Brasil
Publicado em 29 de outubro de 2012


 
Praça Alfredo Andersen, 425   80.730.160   Curitiba | PR   41   3024.9417 Fax: 3014.3072  atendimento@macedoguedes.com.br
Todos os direitos reservados ® Desenvolvido por: fixtofix